featured pic (1)

O poder da responsabilidade pessoal

O livro capitalist nigger (Capitalista preto em português, tradução livre) do jornalista nigeriano Chika Onyeani é uma grande chamada de atenção sobre senso de responsabilidade da raça negra. Nesta obra polémica, o autor considera que os negros passam a vida a culpar os brancos pela condição económica dos negros na América e África. E tambéem apresenta a sua abordagem ou solução para a raça negra alcançar o sucesso e independência económica.

Quantas vezes responsabilizamos a nossa família, o nosso chefe, o governo e Deus pelos acontecimentos na nossa vida? Não há nada de errado em atribuir responsabilidade aos outros, o nosso nível de influência é maior em alguns eventos do que outros. Como diz o coach Michal Niell:

Existem três coisas na vida que devemos saber: “O que é da nossa conta, o que da conta do outro e o que é da conta de Deus

Seguindo o pensamento do coach Michl Niell, elaborei este quadro para cada uma de nós reflectir sobre a responsalidade dos acontecimentos na nossa vida.

Esta reflexão sobre responsabilidade pessoal é crucial para nós, mulheres e empreendedoras. Tal como os negros despejam a culpa da sua pobreza na colonização, as mulheres atribuem a culpa ao machismo. Neste texto, não quero aprofundar sobre o racismo ou machismo, mas sim destacar as condições actuais que as mulheres tem para decidir empreender e fortalecer o empreendedorismo feminino.

É responsabilidade de cada uma de nós, utilizar e aprender habilidades para começar um negócio. É nossa responsabilidade consumir produtos e serviços de mulheres. É nossa responsabilidade conhecer e partilhar o trabalho das mulheres moçambicanas.

Se não fizermos isso, pode ser que ninguém fará por nós. E seremos mais uma geração que reclama de falta de oportunidades para as mulheres. Vamos empreender?

 

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *