Como preencher o canvas parte VIII: Parceiros-Chave

A fase inicial de um negócio tem muitos desafios. Nem sempre há capacidade financeira suficiente para adquirir todos os recursos necessários para o negócio funcionar. Dependendo do tipo de negócio, equipamentos de qualidade, mão-de-obra qualificada, meios circulantes, são considerados investimentos de luxo para empreendedoras iniciantes. E daí, como ultrapassar essa barreira?

No modelo de negócios canvas, a ferramenta de estruturação de negócios que venho abordando aqui no blog, tem um bloco específico que ajuda-nos a identificar organizações, empresas e outros parceiros de apoio que facilitam o funcionamento do negócio. O oitavo bloco do canvas é parceiros-chaves.

Se está a acompanhar esta série de textos sobre o modelo de negócios Canvas, pode rever os blocos anteriores no link abaixo.

  1. Proposta de Valor
  2. Segmento de Clientes
  3. Canais
  4. Relações com Clientes
  5. Fontes de Receitas
  6. Recursos-chave
  7. Actividades-chave

A rede de parceiros de negócios não serve apenas para quem tem pouco capital inicial. É verdade que essa estratégia reduz custos ao adquirir recursos ou actividades específica de graça ou com descontos, mas ela também é responsável pela optimização dos processos do funcionamento do negócio e redução do risco de incerteza.

Quando nos dedicamos ao campo de parceiros-chave no modelo de negócios canvas, incluímos empresas ou particulares que actuam tanto na produção, como entrega e distribuição da proposta de valor. Se cada empreendedora dedica mais tempo a principal actividade do negócio, pode confiar outras actividades aos parceiros-chave e consequentemente terá melhores resultados no negócio.

Existe algumas perguntas importantes para preencher o bloco de parceiros-chaves. Tente responder as seguintes questões:

– Quem são os nossos parceiros-chave?

– Quem são os nossos fornecedores-chave?

– Que recurso-chave a empresa consegue obter através dos parceiros-chave?

– Que actividades-chave os parceiros-chave exercem?

 

Estamos a caminho do primeiro aniversário do blog e este texto reflecte muito a essência deste meu projecto. Quantas mulheres desejam começar um negócio, mas não o fazem porque sentem que precisam de uma equipa? A alternativa para as empreendedoras à solo é essa, buscar parcerias para tornar o seu negócio realidade ou expandir um negócio existente.

Quem caminha sozinha pode até chegar mais rápido, mas quem caminha acompanhado , com certeza vai mais longe.

Clarisse Lispector

Se precisa de recomendações de parceiros e fornecedores para o seu negócio, envie um e-mail para ola@empreendedorasolo.com e vai se surpreender com as opções locais e internacionais que temos para si. Vamos empreender?