featured pic (3)

Soluções TIC Made in Mozambique #2: E- conta

No dia 16 de Maio de 2018, a ANJE – Associação Nacional dos Jovens Empresários , lançou um aplicativo desenvolvido por jovens recém graduados no âmbito do Projecto Capacidade Financeira de mulheres auto empregadas- O poder do Empreendedor, financiado pela Embaixada dos EUA.
O E-conta, aplicativo móvel da Associação Nacional dos Jovens Empresários está disponível no Play Store e hoje vou falar da minha experiência de utilização no meu negócio.

O que é E-conta?

Na página oficial do Aplicativo no Facebook www.facebook.com/econtanje apresenta-se como:

Um aplicativo móvel de gestão financeira.

Como funciona?

  1. Baixar E conta no Playstore
  2. Registrar a tua conta
  3. Fazer login com número de telefone e pin.
  4. Registrar os campos: minha banca, mola, mercadoria, rendimento, despesas, vendas
  5. Registar dados da banca ou negócio
  6. Começar a produzir e criar relatórios

Imagem: Divulgação Facebook

Quando foi a última vez que utilizei o serviço?

Hoje. Mas estou testar a mais de uma semana.

Motivos para retornar ao Bilhetes Online?

  1. Efectua vendas de forma fácil e prática
  2. Sendo um aplicativo local e na fase beta, a interação com equipa é excelente. O utilizador sente-se parte do processo.
  3. O campo de análise do negócio é amigável para utilizadores. A apresentação do estado do negócio é clara.

O que gostaria de ver no E-conta ?

1. Opção de registro do tipo da despesa. Até agora temos que digitar cada despesa. Por exemplo: registro despesa de crédito movitel de 100,00 dia 24/07/18, se tenho outra despesa de crédito, escrevo novamente e lista de despesa fica com itens repetidos. Mais fácil a lista com 2 recargas de 100,00, assim ficamos com visão geral do custo com crédito.

2. Opção para agendar sincronização com o Google drive. No caso de esquecer de fazer a sincronização, já fica registrado que a função ocorre de 2 em duas horas ou uma vez por dia.

3. O app apenas solicita login se sairmos da opção. Seria interessante activar tempo máximo de inatividade e depois obriga o utilizador a colocar os dados novamente.

Algo que penso continuamente sempre que estou a trabalhar em projectos tecnológicos
A tecnologia não vai mudar a forma de gestão de negocios. Se a empreendedora não tem Cultura de registro da actividade comercial, seja negócios temporários ou no início do negócio, a tecnologia não vai mudar isso.
O e-conta é uma óptima solução, mas tem um grande desafio de incutir nos comerciantes a cultura de registro como prioridade. Mas como o avanço tecnológico é irreversível, as empreendedoras moçambicanas vão entrar no comboio, cada uma no seu tempo e se fizerem em conjunto será mais fácil.

Conhece outras plataformas de gestão financeiras nacionais? Partilhe nos comentários.

Leave a Comment